terça-feira, 24 de abril de 2007

Memórias

Amanha sei...
Destinado está...
Mais velho serei!
Mas,
Com as memórias d'hoje lá.

Ingrato serei amanha?
Arrependido do k hoj fiz?
Triste acordarei de manhã?
Não!... Foi tudo o que quis!

Pudera eu, comigo levar
Os que me apoiam neste dia,
Especialmente aqueles que eu amar!
Nao como apenas recordações...
Indeléveis presenças no tempo...
Sim como profundas "fundações"!
Porque a Vida que ai vem
É como rajada de vento
(daquelas que levam noventa em cem!)

E aki fico velho mais um minuto,
Um pouco mais só com Memórias...
Sim, tenho saudades de quando era puto
Mas isso já são outras Estórias.

Sem comentários: