terça-feira, 24 de abril de 2007

Perdidos e Achados

Resolvi finalmente dedicar-me à escrita...
Depois de semanas atribuladas e muito stressantes, achei que guardar tudo comigo não é nada saudável e que sendo eu um livro aberto deveria ao menos mostrar-me às pessoas.

São 2:33...
Talvez não deveria começar a escrever...
A noite há muito já se fez
E amanha profissional tenho de voltar a ser.

Mas o meu testemunho é incentivador,
Muito sobre a Vida vou falar.
É especialmente dedicado àqueles que sentem dor,
Mágoa, solidão, ou um simples pesar.

Não pretendo ser melancólico
Ou talvez queixinhas...
A Vida não é só feita de rimas
E palavras bonitas ou rebuscadas

Mas o que realmente se passa comigo?
Humores trocados?
Paragens cerebrais a que já nem ligo?
Penso muitas vezes no que me causa isto...
Se é a vivência de tempos passados,
Olhares ignorados?
Chega de lirismo! A VIDA NÃO É PERFEITA!!! está antes muito longe disso!

A Vida preencheu-me de muitas pessoas. Umas vão, outras ficam, outras desiludem, outras enaltecem o meu espírito humano e provocam um sincero sorriso e um humilde "obrigado" da minha parte. A verdade é que cheguei à conclusão de que quantas mais pessoas conhecemos e julgamos nossas amigas, maior é a probabilidade de sairmos magoados com algumas...

O resultado é variável, é certo. Mas o desígnio deste tipo de vivência encontra-se mais profundo na nossa condição de seres humanos. Quero dizer com isto que há pessoas que nos marcam positiva e negativamente, e as que marcam mesmo levam a nossa Vida a outro rumo:
A título de exemplo, alguém que nos magoa tanto que julgamos que a nossa vida acabou. D repente aparece outra pessoa na nossa vida para preencher o que nos faltou antes, seja atenção, carinho, respeito, amor, amizade, reconhecimento, etc...

A nossa visão do mundo muda drasticamente... pensamos que tudo acabou! "O que é isto? não tava à espera! Mereço?"

A Vida só acaba quando dermos o nosso último suspiro... cruelmente pensamos muito em simplesmente desistir de tudo enquanto há muitas pessoas que dariam tudo para ter o contrário: Não desistir e lutar por uma Vida.
Há sempre uma saida, uma mensagem escondida mas acessivel, um amigo que nos dá a mão, um desconhecido que se quer dar a conhecer, uma esperança ténue de que tudo vai correr bem.

Tudo não passou de um tropeção na calçada... Ergui-me, olhei, acreditei, e voltei a andar para a frente.

Isto é tão verdadeiro para mim como para todos nós. As feridas continuam lá, mas só servem para nos rirmos delas mais tarde e pensarmos "do que me safei!"

Vai já demasiado tempo para me preocupar com "Perdidos", vou-me dedicar aos que em mim continuam presentes e aos mais recentes "Achados".

A Vida é BELA!

Obrigado e desculpem demasiada encriptação!

Bem hajam. :)

1 comentário:

Su disse...

Conhecer pessoas espétaculares como tu, acredita que nos trazem muitas alegrias, e é coisa rara nos dias de hoje... É bonito ver a forma como recomeças a encarar a vida, e mais bonita é a forma como as consegues demonstrar... Transmites sentimentos bonitos...

És um grande e especial amigo para mim... =D