terça-feira, 31 de julho de 2007

Síndrome Calimero

Ainda se lembram daquela série de desenhos animados cujo principal personagem era o "Calimero"? Sim! Aquele pinto preto (não que seja racista) que ainda tinha restos da casca, de onde nasceu, na cabeça de uma forma mesmo estúpida. Lembram-se provavelmente da sua célebre frase que parvo do pinto fazia questão de deixar em todos os episódios que era "isto só me acontece a mim...!"...

Pois bem, há pessoas que se idenficam com o célebre pinto estúpido, pela sua característica forma de mostrar que é um coitadinho, que tudo lhe corre mal, e que o mundo só lhes cai em cima e de mais ninguém. Esta imagem pode ser transparecida de modo consciente só para chamar a atenção ou de modo inconsciente por ignorancia dos problemas alheios e decerto mais graves. É um grave problema psicológico e tem direito a ser descrito como um síndrome, uma verdadeira condição patológica!

Isto pode parecer uma auto-crítica bastante acertada porque eu até à pouco tempo era um calimero inconsciente dessa condição. Tive ajuda e agora tou em fase de recuperação... Este síndrome, que infelizmente não é descrito nos anais da psicologia requer como tratamento uma boa dose de estalos e portas no nariz de forma a acordar para a dura realidade: há sempre alguma m*rda que acontece nas nossas vidas. Convém é não dar importancia a essas m*rdas e seguir a vida sem dizer "isto só me acontece a mim", caso contrário as pessoas que sofrem deste síndrome acabam por acabar na redundância e saturar quem até tem paciencia para ouvir os lamentos característicos.

Amigos e estimados leitores... ajudem estes pobres "coitadinhos" que não o são. É só uns estalos e uns murros no estômago para acordarem! Nada mais simples!

Como disse tou em fase de recuperação... já agora aproveito a oportunidade para lançar um referendo sobre o mesmo: Estarei curado? (referendo reservado a quem realmente me conhece). Se calhar é mesmo um referendo para saber quem realmente me conhece... lol

Bem hajam! =) * * * *

3 comentários:

Idokas disse...

tu nunca vais estar curado... tu és assim, e é assim que as pessoas gostam de ti... nem acho que sofras deste sindroma mas enfim...lol... és doido e pronto...
**

Anónimo disse...

bronco.........tu nunca vais tar "corado"..... ;) um abraço

dariofe

Nelly disse...

Olá Henrik :)
acho o Calimero adorável!, mas confesso que sou avessa a essa mania da auto-comiseração e da paranoia do "the world is out to get me"... e quando o dia corre lindamente e de repente alguém diz "Mmmm, estou tão contente e corre-me esplendidamente a vida... estou a adivinhar chuva!" - variante do síndrome de Calimero, sem dúvida!
Pessoalmente, sou adepta do MEC...
"E como é que eu faço para estar bem disposto, encontrando-me na verdade tão triste e miserável como vocês todos? Há várias técnicas. A mais importante é a técnica do proporcionamento. Consiste em atribuir a um dado problema pessoal a proporção que tem no mundo. Há tanta gente a sofrer de verdade, a morrer, de fome, de doenças, de terramotos, que o nosso sofrimento, quando é publicamente exibido, é pequenino e obsceno."
Miguel Esteves Cardoso, O segredo da minha boa disposição
Bjs!