terça-feira, 3 de julho de 2007

SENTIR!!!

A brisa da manhã levantou...
O Sol, afável e quente,
Ilumina o rosto lavado
Da minha alma que tanto sente,
E depressa o sentimento se torna alado...

Foge do meu corpo,
Mostra-me o que dantes não via,
Ensina-me sobre a realidade
Do que pensava que sentia,
Elevando-me na mais pura felicidade!

E o ar que me rodeia é meu!
Os barulhos que eu ouço sao música!
Esta loucura saudável é minha!
Embora a minha consciencia seja lúcida
Mas a minha felicidade com isso não definha!

Sinto o calor de um beijo,
Uma mão que, o meu cabelo, afaga,
A pele macia e perfumada
Contra o meu peito, e sinto o desejo!
E no fundo o sentimento!...
Algo que nos vira do avesso
E nos dá novo alento!...

E o coração bate a passo lento...
Sem palavras...
Sem preocupações...
Só dois corações e
Uma cumplicidade...
Num tempo quase parado...

Sinto! Vivo! Num novo vigor encontrado!
Chorar, rir, não interessa!
Não me vou cansar na pressa
De encontrar e voltar a Sentir!

Sem comentários: