domingo, 10 de janeiro de 2010

Boa noite…

DSC07207 

Fecho por hoje o alimento intelectual…
Já sinto os olhos a percorrer
Terras por onde quero sonhar
Esquecendo a fome de saber o factual
Ou simplesmente o "saber"
De quem apreciar alimentar o olhar.

A mnemónica ressoa na minha cabeça
Com a teimosia de um velho rabugento...
Já espero o calor que me aqueça
O corpo cansado no leito daqui a um momento.

Visitei há pouco o meu amigo
Passei-lhe as mãos pelo teclado
Lembrando melodias que desejo tocar.
…Ele diz-me que já não lhe ligo...
Não é esquece-lo o nosso fado!
Nem tão-pouco o não ouvir contigo!

A verdade é que a noite vai longa...
Os dedos cansados...
Os olhos enferrujados...
A lucidez não abunda...

O cansaço tomou posse de mim!
O frio jaz lá fora ameaçando
Outro dia de eremita nada resignando
O que a alma pede saudade... É forte assim,
O que a tua presença me faz
Quando aqui não estás...

Olho para dentro do que quero,
Desejo o que sempre de ti espero...
Mando-te um beijo alado,
De Boa Noite suspirado...

6 comentários:

Hannya disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hannya disse...

:) Sinto cada palavra agora escrita, com o desejo de que este "Boa noite" fosse dito pessoalmente e acompanhado de um terno beijo...

"Boa noite"

Hannya

D* disse...

Que lindo :)

... Henrik ... disse...

Obrigado Meu Amor! =)
Quem me dera que tivese sido pessoalmente. Felizmente são desejos que são cumpridos quando estou de novo contigo...!

LV U!!!

=)* * *

... Henrik ... disse...

Obrigado D*!
Bj

tanya disse...

Muito bonito!