sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Sevilla… Olé!

É um resumo outra vez! Sim eu sei que agora andamos à base de resumos, mas visto que estamos agora em Córdoba a visitar tudo o que nos é possível e em Sevilha nós também não parámos, tem de ser assim.

IMG_3335 Sevilha é uma cidade que não se consegue visitar num só dia, mas nós lá pegamos nas bicicletas e desandámos por lá que nem uns doidos! Tudo o que virem aqui poderia ter sido ainda melhor do que já foi para nós

IMG_3327  Primeiro foi um museu sobre o Perú ao lado de uma biblioteca (estacionamos lá o carro): foi muito interessante, com muita decoração da américa latina e peruana, no entanto era bastante IMG_3320pequeno por isso passamos a um jardim enorme que havia lá ao lado.

IMG_3342IMG_3355 IMG_3360 Plaza de España IMG_3372 No Jardim, as fotos falam por elas próprias! Na Plaza de España ficamos tristes porque tava de obras mas valeu a pena ver o cenário (ouvimos dizer que aqui foi filmada uma cena do Star Wars). Mas o pior da visita (no espaço de uma hora) foi reparar que a Isa tinha… um pneu FURADO!!!… :( Pois, lá fomos os dois tristes e sentidos à procura da Decathlon que tinhamos visto à entrada da cidade, mas quando pegamos no GPS, outra má notícia! Não funcionava! Mais uma hora a tentar localizar a nossa posição e lá conseguimos sair do labirinto que é Sevilha para um “Tuga” nada familiarizado! Chegados à loja, esperamos uma hora e já tinhamos a bicicleta malfadada arranjada!

IMG_3379 IMG_3381 De volta a Sevilha, encontrámos um parque, estacionamos e “prá frente que é Lisboa!”, ou neste caso Sevilla!

IMG_3388 IMG_3402 IMG_3405 A Universidade de Sevilha (foto acima) é bastante apelativa e deixou-nos uma sensação de que poderia ter sido outrora um palácio protegido por um fosso… Pois, o fosso ainda lá está e a arquitectura é bastante peculiar, isto é, para uma universidade.

IMG_3408IMG_3412 Seguidos depois por uma linha de metro de superfície fomos dar ao centro histórico onde ainda paramos para comprar uns “recuerdos” e dois bilhetes para um espectáculo de Flamenco tradicional (como era às 9 da noite decidimos voltar ao turismo de bicicleta). IMG_3415IMG_3416 Andando pela mesma linha de metro até chegarmos ao tão esperado Registo das Índias e à catedral de Sevilha com a sua famosíssima “La Giralda”, onde, mais uma vez, as fotos falam por elas próprias!IMG_3422IMG_3426IMG_3436IMG_3447

Só um aparte, esta Cidade é tão Bicicleta “Friendly” que até mete impressão! É de facto uma boa impressão, porque nunca tinha visto tantos ciclo-turistas e ciclo-autóctones em tão plena harmonia com a cidade bem como a ordem pública! Não há nenhum sítio onde falte a ciclo-via e respectiva sinalização e também não vi bicicletas (aquelas de por a moedinha) vandalizadas! Isto tudo demonstra que a sustentabilidade é uma realidade! Aliás, o trânsito dentro da cidade está tão vedado a automóveis que quase não temos outra opção senão andar de bicla atrás!

IMG_3448 É a hora do espectáculo de Flamenco e lá vamos nós para uma rua onde mal passam três pessoas lado a lado (tinhamos antes “estacionado” as bicicletas a um poste na zona da restauração). Como estava imenso calor (mesmo sendo 8:30 da noite), a entrada no auditório muito pequeno mas com ar condicionado soube-nos pela vida! Não sei porquê, apesar de os estilos de decoração serem totalmente andaluzes, fez-me lembrar uma casa de fados! IMG_3456 Se calhar era da ambiência… Começado o espetáculo, muitos berros flamencos, muitos choros cantados, muita boa música dedilhada apenas numa guitarra (o guitarrista… tinha mesmo unha e dedos para a cousa!!! não me lembro de ter visto alguém com tamanha destreza e sentimento a tocar tão bem com uma noção rítmica do outro mundo!!!). IMG_3469 Já os dançarinos… WOW!!! Tamanha violência no palco e tanto sentimento! Quase parecia que choravam a dançar! Fiquei sem palavras e com pena dos respectivos parceiros(as) quando tivessem na sua intimidade: eles mandam com cada estalo que faz favor!!!… OLÉ!!!IMG_3491

Saímos por volta das 10:30 e ainda estava muito calor! Estava tanto que ainda haviam esplanadas abertas com um sistema de aspersores de água que borrifavam os transeuntes bem como os clientes para um ambiente mais fresco e húmido…IMG_3494IMG_3495IMG_3498IMG_3497No meio da zona histórica ainda deu para entrar num hotel (as duas últimas fotos em cima) que mais parecia um “lounge bar”… Ficava mesmo ao lado da La Giralda. Digo-vos mais, é um sítio onde não nos importaríamos nada de ficar hospedados durante uma futura visita a Sevilla! Até porque tem um terraço com uma vista invejável para toda a catedral, e à noite é ainda melhor!!!IMG_3502 IMG_3504

De volta ao parque só nos restou pagar e voltar para o hotel para um duche bem merecido!IMG_3506 Apesar de não termos visitado nada dos Ex Libris de Sevilha por dentro, foi bastante bom visitar por fora. Ficámos com uma vontade imensa de voltar cá por mais dias e visitar Sevilla a fundo porque bem merece a pena e o dinheiro!

O dia seguinte ainda tivemos que viajar para Córdoba pois o casamento do Z e da MJ está a aproximar-se e ainda queremos visitar tudo o que há para ver em Córdoba antes do casamento!

Hasta Logo! =)

1 comentário:

Hannya disse...

Absolutamente Fantástico:
- O local
- O conceito
- O ambiente
- O sentido
- O motivo
- A viagem
... e acima de tudo
- A companhia :) (o fotógrafo)!!!!!
*