quinta-feira, 28 de junho de 2007

Insónia...

De novo esta condição!...
Vejo as horas a passar,
Tempo de sono perdido,
Com crescente preocupação
E sem sono nem posso sonhar...

A noite é eternamente minha!
Companheira de conversa...
Só a Lua se avisinha
Com algumas nuvens imersa.

Serão vocês fantasmas da minha noite?
Gozam comigo e com a minha situação!
Só quero dormir... mais nada
Só quero pensar em quem me deu a mão...
Me a colocou junto ao coração...
E sonhar com isso!... mais nada

Quero o meu sono de volta...
Na minha noite, no meu descanso,
Com a minha paz interior,
Enfim... a felicidade alcanço!

E o sonho retorna,
Em sono manso...

Bem hajam! Espero que não com os mesmas insónias que eu... :) * * * *

Sem comentários: