quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Fotografia!

Um Momento captado
Escondido do entendimento,
Um simples descrever o sentimento
De cenas do tempo apressado!

Um sorriso, uma carícia congelada
No tempo fugaz que nos aprisiona
Na inevitabilidade do futuro.
Fotografias! Nada mais nos impressiona!

Felicidade, realidade,
Tristeza, infefabilidade passada!
São risos de crianças da cidade!
Tão verdadeiras correndo pela calçada!
São toques inocentes de quem se sente amada!

Preparo a máquina, tiro mais uma fotografia.
Congelo o momento, até mesmo os que não queria...
Sinto a felicidade da Arte conseguida,
Num simples botão da nossa Vida!

Sem comentários: