terça-feira, 17 de março de 2009

Heaven Help

Bem minha gente! Tenho um novo projecto em mente! Sim a acrescentar aos meus outros projectos sempre em curso (quem me conhece mesmo já sabe como sou), algumas trivialidades, outros nem por isso.

Hoje lembrei-me de uma música do nosso amigo Kravitz, Lenny Kravitz! O título é "Heaven Help" e lembro-me como se fosse ontem de a estar a ouvir, há uns anos atrás, depois de ouvir Sade ("by your side"), numa camioneta de Londres com destino de Torbay... O tempo tava meio farrusco mas ainda deu para sentir um pouco do Sol tímido dos bifes e esquecer o fish & chips nojento do almoço... +_+

Cá vai a música, a letra é muito importante:



"Bem, e qual é o Projecto?"

- Vou, quando tiver tempo, transcrever a música do piano para uma pauta, toca-la e esperar que o meu registo de voz seja meloso o suficiente para não partir os cristais cá de casa... Sim... eu canto muito mal... Tenho voz grossa e a amplitude em tons absolutos não é a melhor para quem já fez parte de um coro de câmara na juventude... Lá está, não faço ideia de ser melhor que o amigo Lenny, apenas quero cantarolar a letra juntamente com as notas do piano! =P


"Porquê Henrik? Conta lá!?"

- Há pessoas que merecem! E não digo mais porque ela pode descobrir e depois deixa de ter piada! ;)


"Uhmmm... isso é tudo por ser Primavera ou tás doente?"

- AHahahah! Who cares?! =)


"Oh Henrik? Mas vais ser egoista ao ponto de não partilhar com a gente?"

- Naaaaa! Depois irei gravar em vídeo e publicarei aqui mesmo neste blog tão meu e tão intimista como alguns lhe chamam... Eu sou axim! =P eheheheh


Um bem haja a todos! ;)

13 comentários:

Daniel Silva disse...

Ahhh! Assim, sim! Isso é partilha :)

Ladies and gentleman, the perfect wise man, two for the price of one, now on cd and dvd. Composing, playing and singing. All In One Album... Welcome to... (ei pera aí... ainda nao postou o video, musicado, tocado e cantado)...

ah ok era so um ensaio à publicidade antecipada ;)

Sério. Parte os cristais, engana-te, volta a partir (desta vez convém que seja só vidro, mesmo) e deixa-te de preciosismos. Quando se é perfeccionista acabamos por julgar nunca conseguir.

Abraços

... Henrik ... disse...

Não Daniel... Pelo meu registo de voz não ser o melhor, eu posso bem estar a antecipar o meu suicídio musical e social!...

Mas tenho razões para tentar! =)

Costuma-se dizer que quem gosta de nós, gosta independentemente dos nossos atributos... Obgrigado a quem gosta! =)

Abraços! =)

Myosotis disse...

eheheh esse diálogo em jeito de monológo foi demais ;)

Então cá fico à espera desse vídeo.

**Beijinhos**

Daniel Silva disse...

Vês, Henrik? Lá estás tu a antecipar... pela negativa. Se eu fosse esotérico diria para te deixares de más vibrações ou energias negativas, mas não sou.

Sei apenas que tens talento, e que isso não significa ser o melhor entre os melhores.

Já demonstraste como tocas bem, mesmo sendo tu das poucas pessoas a percepcionar os enganos (nao perceptíveis ao ouvinte comum); E sei que isso não será satisfatório para o próprio, mas acredita que o ouvinte comum, como digo, também não é exactamente "louro" ;)

Tocas bem. Ponto final.

Quanto à voz, acredito que não seja a melhor, nao sei, não faço ideia (estou apenas a falar pelo que dizes). Mas é manifestamente exagerado dizeres que estarias a antecipar o suicídio musical e social. Não coloques as coisas em patamares tão elevados. Social porquê? Gozo? Ou do tipo Marlene Dietrich que devido a uma queda em palco nunca mais apareceu (nunca mais quis aparecer)?

Ainda duas coisas, Henrik: pensa nisto: quando o Cristiano Ronaldo (blurc detesto futebol) se sagrou o melhor, quase havia teses de doutoramento. Bolas. Incitação a que os miúdos fossem como ele, etc. Mas a realidade é que nao vai haver Cristianos Ronaldos, Haendls, Puccinis, Mozarts, Enyas, Amálias, bla bla a cada canto... Não quer isto dizer que devamos ficar por aí... Sem esforço nao se chega ao melhor. Mas temos de ter noção do que é "o melhor". Um peixe não pode pedir a um pássaro para nadar, nem este a um peixe para dar uma volta pelo céu. Fomento a mediocridade, a mediania? NÃO. Fomento que o talento de cada um saia na sua totalidade, trabalhado, é certo, mas sem a megalomania do perfeito que, sem nos apercebermos, nos retira valor, porque querer atingir o perfeito é ja de si sinal de que nos sentimos superiores (a psicologia explica isto). Os sentimentos de inferioridade radicam sempre num complexo de superioridade.

Isto são apenas palavras soltas que te deixo como se fossem palavras num café, entendes? Não me tresleias. E não digo nada do que nao possa sentir.

E como bem dizes por outras palavras, quem gosta de nós, fá-lo independentemente dos nossos talentos, mas cuidado, Henrik: isso pode ser uma forma de menorizares o teu trabalho quando os elogios são realmente elogios e não palmas de circunstância.

Quanto a mim, sabes que quando num qualquer poema teu me permiti falar do que menos gostei em vez do que mais gostei, fi-lo porque nao gostei tanto daquela parte. SE fosse lisonjeador dizia "amén" a tudo.

By the way, tu filmaste com web cam? E a preto e branco? Just wondering...

Abraços e keep going. Já comprei os bilhetes :)

... Henrik ... disse...

Myosotis,

És tu, todos os que me lêem e ouvem, e... por mais incrível que pareça... até eu tou à espera... =S

Beijo*

... Henrik ... disse...

Daniel,

Por muito fundamentado que tenhas sido, e ter apreciado em muito (como sempre) as tuas chamadas de atenção, não posso adbicar da realidade.
Não tenho nenhum complexo de inferioridade ou superioridade. Eu sou o que sou e tá tudo dito. Obviamente sei o que valho em tudo o que eu faço, e na música, devido a oportunidades que tive (e que muitos não tiveram), estou à vontade quanto baste. Não sou músico, não é essa a minha profissão, portanto nunca poderei chegar aos calcanhares dos músicos. É esta a minha noção de realidade. Se me proponho a interpretar seja o que for, sei que estarei sujeito tanto a críticas negativas como positivas, e é por isso que conscientemente me preparo psicológicamente com declarações como faço no post, porque afinal de contas, nunca chegarei à perfeição com a prática e treino adequados.

I rest my case.

Obrigado pelas palavras! Também me fizeram pensar sobre o que digo. =)

Abraços! =)

Mona Lisa disse...

Ahahaha...eu não sou esotérica, como dizia o Daniel, por isso não vou falar em más vibrações e energias negativas. Sou psicóloga, por isso só me resta dizer: esquece esses pensamentos disfuncionais e o perfeccionismo clínico:) Toca, canta, dança..entrega-te ao processo criativo;) Ficamos à espera do vídeo!
beijos!

tanya disse...

Ehehehe, estou ansiosa por ver isso!!!

tanya disse...

Será que ouvi falar em sushi??!!

... Henrik ... disse...

Mona Lisa,

"esquece esses pensamentos disfuncionais e o perfeccionismo clínico"
Li mesmo bem?!?!? Estarei a tornar-me patológico?... =(

Mas é legímito querer não ofender a arte dos génios da música... não?

Beijos enormes!!! * * * * * *

... Henrik ... disse...

Tanya,

O único autorizado a ser ansioso sou mesmo eu!!! =D

O sushi fala com a Sandrine e o Pedro, foram eles que me avisaram! ;)

Beijo! *

Aprendiz disse...

Gosto muito do Lenny, fui ouvi-lo no Rock in Rio. Salvou a noite, já que a Amy Whinehouse estagrou a expectativa criada, uma pena.
Quanto à tua gravação... gosto de Karaoke, mas tem de ser de alguém a quem a minha voz não prejudique... sei lá, a Romana? hahahahah!
Força nas cordas, em todas, pois as mais fáceis são as do piano!

Abraço

P.S. Linkei-te... parece lixei-te, mas é só um piercing no meu blog!

Daniel Silva disse...

SIm, até remeti para o meu blogue... a opiniao, essa, já a dei enesimas vezes em blogues diferentes... ;)