domingo, 15 de fevereiro de 2009

Paparazzi


Não sei o nome deles. Conheci-os no castelo onde me pediram para tirar uma foto (eu devia ter ar de fotógrafo profissional de férias, só pode...). Lá fiz o favor com todo o gosto e dedicação de artista...


Mais tarde, estava eu no teleférico a subir para o miradouro da cidade... Lá entram eles na cabine onde estava sozinho... not anymore...


"Então gostaram da foto?"... Responderam-me com dois sorrisos e um uníssono de sotaque do norte, "Sim, gostamos muito!"

Bem... Eu senti-me levado por um sentimento de dever!!! Senti-me iluminado! É isso, é um sinal! =D Fui escolhido para ser o papparazzi pessoal e secreto daquele casal!!!


Mais tarde dei por mim a fotografa-los de longe, meio escondido e disfarçado, como quem não quer a cousa... Acho que não deram por ela.


Conclusão? Consegui dar algum sentido ao dia "estúpido" que é o dia 14 de Fev.: Ficou uma foto engraçada e se calhar digna de uma fotoreportagem subordinada ao tema "Dias estúpidos na época do consumismo" com a simples legenda "A excepção no topo do seu Mundo..."


Bem hajam!

6 comentários:

Mona Lisa disse...

A foto é gira!;) A tua também é..e a que tiraste já deixou saudades...
beijo****

... Henrik ... disse...

Deixou saudades minha linda...? Não desesperes mais! Assim que chegar a casa eu mudo logo a foto!

Folgo em saber que gostaste da foto do post. 1 num milhão! Tal como tu!

Beijos! =) * * *

Mona Lisa disse...

ahahha...a foto...obrigada!Tu sem dúvida ficas melhor a cores;)beijo***

... Henrik ... disse...

Obrigado!... Pões-me fora de mim com esses reparos... Mas até é bom! =)

Beijos! * * *

Sanxeri disse...

Gostei da foto, apesar de tirada à socapa. :)

Milú disse...

Boa noite
Quando concluis, falas no dia "estúpido" que é o dia 14...essas palavras ficaram a moer-me a cabeça, talvez por concordar contigo, talvez por achar que és "corajoso" em apelidar o dia dessa maneira. Afinal, o que vês acontecer nesse dia? Casais a acotovelarem-se no restaurante mais próximo e/ou na moda, a oferecerem prendas de gosto duvidoso, como que a quererem provar ao seu/sua mais que tudo que afinal são namorados, que afinal até se lembram que gostam de alguem, ou que se tem alguem (esta parece a mais real. Os restantes 364 dias do ano são paisagem!
Custa-me a crer que uma sociedade dita "evoluida" precise destas artimanhas mas ao que tenho visto, apreciado e constatado...ainda somos um povo com uma necessidade de afirmação terrivel, com baixa auto-estima e com uma carência afectiva medonha.Precisamos de dias "estúpidos" para termos a certeza que não estamos sós nesta vida
Isto tudo para te dizer que concordo contigo.

Beijo